domingo, 20 de fevereiro de 2011

Para tocar o coração de uma mulher.


Para tocar o coraçào de uma mulher você precisa olhar em seus olhos, sempre. Mas não um olhar qualquer. Tem que ser um olhar de encantamento como o de quem vê um belo pôr-do-sol. Um olhar de quem vê os primeiros passos de uma criança. Um olhar de quem ganhou o presente que mais queria. Olhar de quem olha pra ela e pra mais nada no mundo.

Para tocar o coração de uma mulher é preciso fazê-la se sentir especial. A primeira e a última das mulheres. E deixar claro que isso é uma escolha óbvia, indiscutível. Acreditar e fazê-la perceber que dentre milhares na multidão só mesmo ela poderia chamar a sua atenção. Somente ela poderia ser a dona da sua razão. O motivo da sua emoção.

Para tocar o coração de uma mulher é preciso segurar a sua mão com suavidade para ela sentir o seu carinho mas também com firmeza para ela saber que pode contar com você. É preciso tocá-la com afeto, transmitir ternura. Duas mãos entrelaçadas e balançando no ar no ritmo da caminhada que juntos farão para qualquer lugar. Inseparáveis.

Para tocar o coração de uma mulher é preciso sentir dentro do peito uma vontade de estar perto e uma saudade de estar longe. É ouvir sua voz no silêncio. É sonhar com ela acordado. É ver sua imagem refletida no espelho. É sentir sua presença em qualquer parte. Em todo lugar. É senti-la dentro de você.

Para tocar o coração de uma mulher é preciso ter certeza em meio a incertezas de que ela é aquela que você deseja. É ter vontade de chutar o balde, sumir no mundo mas nem cogitar não levá-la na viagem. Saber que nem o lugar mais belo do mundo será agradável sem a sua presença. É deixar ela fazer parte da sua vida e ser parte da vida dela.

Para tocar coração de uma mulher é preciso já ter aprendido que uma vida sem amor é goiabada sem queijo. É corrida sem vencedor. É preciso saber que desistir dela é desistir de você. É desistir do amor. É deixar de viver.

Por fim, para tocar o coração de uma mulher é preciso ter um coração, segurar a mão dela e deixá-la sentir o pulsar desse amor, enfim.

::: Essa é uma receita de sonho açucarado. Sem creme nem doce de leite. Apenas um sonho de uma mulher romântica que já aprendeu como é fácil tocarem o seu coração. E que esse toque, apesar de rápido, dura o suficiente para ela se lembrar com um misto de alegria, tristeza e muita saudade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário